Ao propor estudos sobre os usos das Tecnologias Digitais e da Cultura Pop no âmbito da pesquisa, no ensino e seus impactos nas relações sociais, não podemos deixar de levantar algumas questões pertinentes: a desigualdade Social que leva à dificuldade de acessibilidade aos bens culturais como, por exemplo, as tecnologias digitais, histórias em quadrinho, seriados de TV, RPG e cinema; a precariedade de políticas públicas que visam a acessibilidade à esses mesmos bens; e, por fim, a falta de domínio metodológico por parte de professores e pesquisadores para os usos e apropriações das Tecnologias Digitias e da Cultura Pop.

Entendemos que, muitas vezes, essas questões levam à rejeição aos usos das Tecnologias Digitais e da Cultura Pop nos espaços de pesquisa e ensino. Apesar dessas questões que, como sabemos, dificultam consideravelmente os usos e apropriações destes bens culturais, não podemos menosprezar seus impactos no cotidiano das pessoas.

O Iº Colóquio Nacional de Cultura Pop e Tecnologias Digitais levantará as diversas possibilidades dos usos dos recursos da comunicação na pesquisa e no ensino interdisciplinar. As atividades on-line serão organizadas pelos membros do Grupo de Pesquisa em Mídias, Tecnologais e História (MITECHIS) liderado pelo Professor George Leonardo Seabra Coelho, professor adjunto do Curso de História da Universidade Federal do Tocantins, Porto Nacional. Outro coordenador é o Professor Elbert, doutorando do Programa de Pós-Graduação em Ciência, Tecnologia e Educação do CEFET-RJ, que coordena o Observatório Carioca de Histórias em Quadrinho. Um terceiro Coordenador é o pesquisador Gelson Weschenfelder do Programa de Pós-Graduação em Processos e Manifestações Culturais da Universidade FEEVALE e pertence ao Grupo de Pesquisa Universos Paralelos.

Realização
Apoio
arte colóquio fundo 4.jpg